21°
Máx
17°
Min

Coleta e destinação de resíduos estão em debate

(Foto: Everson Bressan/SMCS) - Coleta e destinação de resíduos estão em debate
(Foto: Everson Bressan/SMCS)

Um novo sistema de coleta, transporte de resíduos e limpeza pública de Curitiba está em discussão. O município pretende reorganizar todo o serviço e realizar no segundo semestre uma nova licitação para a área e a população poderá opinar sobre o assunto.

A proposta é colocar em vigor um sistema que englobe tecnologia, qualidade, economia e sustentabilidade, em um modelo desenvolvido com base em estudos realizados pela International Finance Corporation (IFC), instituição do Grupo Banco Mundial contratada pela Prefeitura em junho do ano passado.

A primeira etapa será uma licitação para o serviço de coleta, transporte e limpeza pública, em uma parceria público-privada prevista para durar 15 anos. De acordo com o município, o contrato irá priorizar o desempenho, a redução de gastos. Entre as mudanças previstas está o uso de sacos plásticos de cores diferentes e melhoria na relação com as cooperativas dos catadores.

Antes da licitação, será aberta uma consulta pública em que a população poderá participar das discussões pela internet e presencialmente. Os mecanismos e períodos ainda serão divulgados.

Colaboração Prefeitura de Curitiba