22°
Máx
17°
Min

Com baixas temperaturas, prefeitura antecipa “Operação Noite Fria”

(foot: Danile Caron/ FAS/ PMC) - Com baixas temperaturas, prefeitura antecipa “Operação Noite Fria”
(foot: Danile Caron/ FAS/ PMC)

Devido à queda brusca de temperatura registrada nos últimos dia em Londrina, a Secretaria Municipal de Assistência Social antecipou a “Operação Noite Fria”, prevista para meados de maio. A ação tem o objetivo de proporcional acolhimento à população em situação de rua e assegurar a vida destas pessoas no período de frio. Para que a ação fosse antecipada, a Secretaria fez um Plano Emergencial, que iniciou na quinta-feira (28).

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Télcia Lamônica de Oliveira, neste dia foram encaminhadas 18 pessoas para o acolhimento em um local específico destinado à ação, que é o antigo centro Pop, que fica na avenida JK 2.892. Os acolhimentos acontecem a partir das 19 horas, no sistema de pernoite. Ao chegar no abrigo, as pessoas acolhidas tomam um banho, se alimentam e depois contam com camas e cobertores para dormir. No dia seguinte tomam o café da manhã e são liberadas.

Télcia contou que este ano a Secretaria está destinando este local para o acolhimento durante a ação, porque as instituições que prestam estes atendimentos estão com suas capacidades totalmente preenchidas. A secretária disse ainda que o Município se mobilizou, para a realização do Plano Emergencial, devido ao frio abrupto em Londrina, para que nenhuma pessoa em situação de rua da cidade passe por problemas de saúde devido ao frio. “Ano passado não tivemos nenhuma notificação de óbitos pelo frio e boa parte disso é devido a esta ação”, ressaltou.

O plano emergencial segue até segunda-feira, com a destinação de 20 vagas para acolhimento. A partir desta data, a intenção é iniciar a operação efetivamente, com a destinação de 40 vagas no total. A “Operação Noite Fria” dura cerca de cinco meses, prosseguindo até setembro.

Este ano a instituição parceira da ação é a Associação Projeto Pão da Vida. Serão repassados à instituição o valor R$ 140 mil, do Fundo de Assistência Social, para custos com alimentação e higiene, além de vestuário e contratação de mão de obra se necessário. A entidade também vai receber o adicional de R$ 20 mil para aquisição de equipamentos, como camas e colchões. A ação também está contando com a ajuda de voluntários. 


Solidariedade 

Embora a Associação Projeto Pão da Vida irá receber recursos públicos para a realização da ação, o apoio da comunidade é muito importante para complementar o trabalho, tanto durante a Operação Noite Fria quanto ao que já é realizado pela instituição durante todo o ano. Segundo a coordenadora do local, Fátima Reale Prado, para fazer doações a comunidade pode entrar em contato nos telefones 3343-3529/9991-3529.

Segundo Fátima, os itens mais necessários no momento são: roupas masculinas, especialmente agasalhos, meias, toalhas de banho, que podem ser usadas, materiais de higiene pessoal, como papel higiênico, creme dental, escova dental e sabonete. Também necessita-se de colchão de solteiro. Voluntários que desejam atuar na ação também podem ligar para os mesmos telefones. A Associação Projeto Pão da Vida abriga 162 por dia, desde crianças e adolescente até idosos. 


Encaminhamentos 

Os encaminhamentos das pessoas para o acolhimento durante a Operação Noite Fria, se dão através da equipe de abordagem da Secretaria ou pela equipe do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP). Tanto os usuários do serviço quanto a população que tenha conhecimento de pessoas que precisam ser atendidas, podem acionar a equipe pelo telefone 9996-3497. O horário de atendimento é das 7 às 22h30 durante a semana, das 9 às 20h aos sábados e das 9 às 15 aos domingos.

Atualmente, uma equipe de 39 servidores trabalha na abordagem e no Centro POP, incluindo psicólogos, pedagoga, assistentes sociais, terapeuta ocupacional, auxiliares educativos, entre outros, prestando o serviço de abordagem e atendimento às pessoas em situação de rua em Londrina.


(com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina)