24°
Máx
17°
Min

Com capacidade para 31 pacientes, HU abriga mais de cem

(Foto: Divulgação/UEM) - Com capacidade para 31 pacientes, HU abriga mais de cem
(Foto: Divulgação/UEM)

A superlotação crônica do Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM) se intensificou ainda mais nesta segunda-feira (21). Com leitos para 31 pacientes no pronto-socorro, o HUM abrigava mais de cem no início da tarde.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, normalmente se trabalha com 60 a 80 pacientes. Com os cem de hoje, os funcionários encontram dificuldades até mesmo para abrigar em corredores as pessoas que precisam de atendimento.

O problema afeta o trabalho de urgência e emergência das equipes do Siate e Samu. Como não há vagas, as ambulâncias ficam retidas por mais tempo que o usual, à espera da entrada do paciente no HUM.

Previsão

O governo do Estado já assinou a ordem de serviço para a construção de cem novos leitos. A assessoria de imprensa do Hospital Universitário informou que a empresa iniciou a análise do terreno e terraplenagem.

Os novos leitos serão construídos ao lado da Unidade de Terapia Intensiva Adulta. O investimento será de R$ 14,3 milhões, com entrega prevista para o segundo semestre de 2017.