22°
Máx
14°
Min

Com medo, família de menino autista desaparecido se muda em Rio Branco do Ivaí

Em Rio Branco do Ivaí (a 140 quilômetros de Apucarana), a família de Oziel Godoy Muniz, garotinho autista de nove anos que está desaparecido desde o último sábado (8) – se mudou. A mãe está com medo de permanecer no local e, agora, ela e o marido estão na casa dos avós da criança.

A família vivia em uma propriedade rural, em uma área montanhosa e de mata, fatores que dificultam as buscas pelo menino. A mãe de Oziel, Laurita Godoy Muniz, pensa inclusive em se mudar definitivamente para um local mais movimentado e se mostra sem grandes esperanças de rever o filho.

“Se a gente chegar a encontrar ele com vida e ele recuperar a vida dele, a gente continua no sítio. Mas para encontrar ele com vida, só se ele tiver em algum lugar que tiver cuidado”, declarou.

Investigações

Passada quase uma semana do desaparecimento, a Polícia Civil ainda não tem qualquer pista que explique o sumiço de Oziel Godoy Muniz, segundo o delegado de Grandes Rios, responsável pelo caso, Ricardo Augusto de Oliveira Mendes.

“Até o presente momento, infelizmente, é a mesma resposta. Nenhum dado novo”, contou. Uma equipe de Curitiba do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride) esteve em Rio Branco do Ivaí por quatro dias, mas também não conseguiu desvendar o caso.

O Corpo de Bombeiros já encerrou as buscas oficiais pelo garotinho, que seguem sendo feitas por moradores da cidade. Oziel é autista e também tem diabetes leve. Quem tiver informações sobre seu paradeiro pode repassar à polícia pelo telefone 190 ou 197.

Colaboração Rodrigo Carvalho da Rede Massa