20°
Máx
14°
Min

Com pressão de “gatos pingados”, vereadores devem derrubar novo aumento em Jacarezinho

(foto: Jivago França/portal JNN) - Com pressão de “gatos pingados”, vereadores devem derrubar novo aumento
(foto: Jivago França/portal JNN)

A Câmara de Vereadores de Jacarezinho voltou a ‘pegar fogo’ na noite desta segunda-feira (21), uma semana depois dos parlamentares aprovarem novamente o reajuste salarial a partir de 2017.

O movimento popular conhecido como “gatos pingados” ocupou as galerias do Legislativo e houve registro de bate-boca com o vereador Francisco Carlos Moraes, o Xico Serraia’, que abandonou a sessão pela metade, solicitando escolta da Polícia Militar para deixar o local.

Ao tomar a palavra, o vereador disse que o Observatório Social tem membros interessados em se candidatar à eleição. Segundo o órgão, dois integrantes que participaram dos protestos no ano passado deixaram o movimento ao anunciar candidatura a prefeito e vice, mantendo o caráter apartidário do Observatório.

Ainda na tarde de segunda-feira, depois do Ministério Público ajuizar uma ação pedindo a derrubada do novo reajuste, o prefeito Sérgio Eduardo de Faria assinou um documento vetando o projeto aprovado na semana passada.

 Diante do veto, a discussão retornará para a Câmara. Desta vez, no entanto, alguns vereadores já admitem votar a favor do veto e manter os salários reduzidos.

 (com informações do portal JNN)