22°
Máx
14°
Min

Com proposta de redução, salário dos vereadores iria para R$ 12,9 mil

(foto: Devanir Parra/CML) - Com proposta de redução, salário dos vereadores iria para R$ 12,9 mil
(foto: Devanir Parra/CML)

O presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Fábio Testa (PPS), explicou, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (12), detalhes do projeto de lei 34/2016, que prevê redução no salário dos parlamentares a partir de 1º de janeiro de 2017, quando começa a próxima legislatura.

A medida foi anunciada semanas depois do anúncio de recomposição salarial da inflação, que elevou a remuneração dos vereadores para R$ 15 mil. 

De acordo com a nova proposta, o salário será de R$ 12,9 mil, pouco abaixo dos R$ 13,1 mil que eles ganhavam antes da reposição deste ano. O valor foi apontado em um estudo técnico da controladoria da Câmara, e prevê uma economia anual de R$ 500 mil.

“Tínhamos que dar uma resposta, a obrigação de dar um exemplo sem que fosse uma coisa demagógica, com redução de 100, 200 reais só porque é ano eleitoral. Temos uma gestão pautado pela redução de despesas, e desafio que apareçam outras câmaras do Paraná que apresentem uma economia tão grande quanto a nossa”, disse o presidente.

O cálculo da controladoria ainda leva em conta uma inflação anual de 10% e o aumento previsto de 6% nas despesas com folha de pagamento dos servidores efeitos na próxima legislatura.


(colaborou Larissa Fernandes/Rede Massa)