23°
Máx
12°
Min

Com radares desligados, caem multas por excesso de velocidade em Maringá

Em Maringá, a principal infração de trânsito cometida pelos condutores no primeiro semestre deste ano foi excesso de velocidade – 78.578 multas, 42% do total no período. Porém, desde o mês de junho, tem havido uma queda nesse tipo de autuação, não porque os motoristas estão mais conscientes, mas porque os radares estão desligados. 

Venceu o contrato que a Secretaria Municipal de Trânsito e Segurança (Setrans) mantinha com uma empresa para fiscalização por meio dos radares. O responsável pela pasta, Fábio Ribeiro, declarou que a administração estuda uma melhor forma de acompanhamento dos condutores.

“Houve o término do contrato da prestadora de serviços que fazia essa fiscalização para nós. Estamos procurando novas tecnologias, melhorar ainda a forma de fiscalização, um sistema que estamos querendo trazer junto com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, para que haja maiores informações de dados coletados”, declarou.

Assim que definir o tipo, a prefeitura vai lançar o novo edital de licitação. Enquanto isso, a secretaria pede prudência dos motoristas e respeito aos limites de velocidade, em prol da segurança das pessoas. 

Veja a matéria de Kelly Moraes e Marcos Luvizeto da Rede Massa/TV Tibagi.