26°
Máx
19°
Min

Comissão de Justiça dá parecer positivo sobre título de Capital do Crochê a Barbosa Ferraz

Cerca de 25% dos habitantes trabalham no fluxo produtivo do crochê (Foto: Seti-PR) - CCJ dá parecer positivo sobre título de Capital do Crochê
Cerca de 25% dos habitantes trabalham no fluxo produtivo do crochê (Foto: Seti-PR)

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que reconhece o município de Barbosa Ferraz (a 67 quilômetros de Campo Mourão) como a capital do crochê no Paraná. Agora, a matéria seguirá para votação em plenário.

No texto do projeto de lei, que tem autoria do deputado estadual Evandro Araújo, argumenta-se que, no município de 12 mil habitantes, 3 mil vivem da atividade. “A proposta busca dar visibilidade e valorizar o trabalho realizado no município, auxiliando no desenvolvimento comercial e turístico da região”, declarou o deputado.

Barbosa Ferraz abriga pelo menos quatro fábricas de barbantes, três empresas de tecelagem, uma de fiação e cinco lojas especializadas na venda de crochê.

Colaboração Assessoria de Imprensa