27°
Máx
13°
Min

Comunidade compra fuzis para polícia

(Foto: Divulgação/Polícia Militar) - Comunidade compra fuzis para polícia
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Os Conselhos Municipais de Segurança de Sarandi e Mandaguari, na região metropolitana de Maringá, estão comprando fuzis tanto para a Polícia Militar quanto para a Polícia Civil. A população de Ivaiporã e Faxinal, no Vale do Ivaí, já fez uma ‘vaquinha’ e arrecadou dinheiro para auxiliar no armamento.

Em Mandaguari, o Conselho Municipal de Segurança adquiriu duas armas longas para a Polícia Militar. São carabinas 556, no valor de R$ 7,8 mil cada, que devem ser entregues até o fim de abril.

A ideia  é adquirir ainda uma metralhadora e outras três carabinas. Desde 2012, a comunidade vem ajudando as forças de segurança pública. Por meio da parceria, a PM já recebeu um ar-condicionado, cofre para as armas, refeitório e também motos.

Iniciativa elogiada pela PM

Esta semana, o 4º Batalhão da Polícia Militar, como sede em Maringá, completou 49 anos. O comandante, tenente-coronel Antônio Roberto dos Anjos Padilha, destacou que a compra de armas longas é necessária, especialmente para atender ocorrência de roubos a bancos, em que quadrilhas fortemente armadas agem.

No último sábado (12), por exemplo, após a explosão de caixas eletrônicos em Marialva, um policial militar foi baleado em Jandaia do Sul. Padilha elogiou a ajuda da comunidade na compra de fuzis e pediu que o governo faça o mesmo.

Colaboração: Willian Souza/Rede Massa