26°
Máx
19°
Min

Conselheiro tutelar é executado com dois tiros em Reserva

Adriano Rocha Silva, de 30 anos, era professor e conselheiro tutelar; Polícia Civil investiga o caso (Foto: Divulgação) - Conselheiro tutelar é executado com dois tiros na frente de escola
Adriano Rocha Silva, de 30 anos, era professor e conselheiro tutelar; Polícia Civil investiga o caso (Foto: Divulgação)

Moradores de Reserva, a 109 quilômetros de Ponta Grossa, ficaram chocados com a notícia da morte do professor e conselheiro tutelar Adriano Rocha Silva, de 30 anos. Ele foi executado com pelo menos dois tiros no fim da tarde de ontem (4) em frente a uma escola do município. O jovem não resistiu até a chegada do atendimento médico e morreu ainda no local do crime. Ele estava dentro do carro, aguardando a mãe sair do trabalho, quando duas pessoas se aproximaram em uma motocicleta e atiraram contra o conselheiro.

A Polícia Civil já deu início à investigação para apurar a causa do crime, mas ainda não repassou detalhes do caso. A Polícia Militar esteve no local e isolou a área até a chegada do Instituto de Criminalística e da Polícia Civil. O corpo foi levado até o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

O delegado Derick Moura Jorge explica que o conselheiro estava afastado do cargo há pelo menos 15 dias por conta de uma ação judicial, mas não esclareceu o que teria motivado o afastamento. A autoridade policial também fala que os trabalhos seguem em várias frentes de investigação, mas não repassou mais detalhes para não atrapalhar o andamento da investigação.