23°
Máx
12°
Min

Consumidor curitibano quer gastar menos na Páscoa

(Foto: José Cruz/ Agência Brasil) - Consumidor curitibano quer gastar menos na Páscoa
(Foto: José Cruz/ Agência Brasil)

Uma pesquisa divulgada pela Associação Comercial do Paraná (ACP) indica que o consumidor curitibano deverá ser mais econômico nas compras de Páscoa deste ano, por conta da crise econômica. A expectativa é de que o morador de Curitiba gaste, em média, R$ 100 para as comemorações. O valor fica apenas R$ 4 abaixo do que foi gasto, em média, por parte do curitibano no mesmo período.

A Páscoa será marcada por muita pesquisa de preço. O levantamento da ACP indicou que a grande parte dos curitibanos (55%) vai fazer a comparação pessoalmente nas lojas. A consulta também acontecerá por meio de propagandas na TV, tabloides e internet. Apenas 25,2% dos entrevistados disseram que não vão pesquisar valores dos produtos da Páscoa. Outras alternativas para a consulta de preço e as compras são as feiras especiais, que estão sendo realizadas no centro de Curitiba.

A pesquisa ACP/Datacenso ainda apontou que 34% dos consumidores vão pagar as compras com cartão de crédito à vista; 32% vão parcelar o valor; 12% pagarão com dinheiro; 11% passarão o cartão de débito; e 10% ainda estão em dúvida.

Conforme o levantamento, os comerciantes esperam uma queda nominal de 6% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Somada à inflação dos últimos 12 meses (10,7%), este percentual sobre para quase 17%.

“A queda já era esperada, mas a expectativa é de que a inflação se estabilize. Contamos com isso para que haja aumento de vendas. Apesar da crise, acreditamos que os consumidores manterão a tradição presenteando seus familiares, embora optando por produtos com preços mais atrativos”, afirma o presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador Neto.

Colaboração Associação Comercial do Paraná