24°
Máx
17°
Min

Conta de luz pode ficar mais barata a partir de junho

(Foto: Jonas Oliveira/AEN) - Conta de luz pode ficar mais barata a partir de junho
(Foto: Jonas Oliveira/AEN)

A conta de luz pode ficar mais barata a partir de junho, no Paraná. Isso porque a Copel encaminhou seus contratos para a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para iniciar a revisão tarifária que definirá o índice a ser aplicado neste ano. De acordo com o Governo do Paraná, a redução deve ser de, pelo menos, 11,5% na tarifa de energia.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (23), pelo governador Beto Richa. No entanto, a redução só vai ser confirmada depois que a planilha for analisada pelo Conselho de Consumidores da Copel e pela Aneel e debatida em uma audiência pública em abril. Depois dessas etapas, haverá a definição do novo índice, que começa a ser aplicado em 24 de junho.

Redução das bandeiras

Em vigor desde janeiro de 2015, o sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar ao consumidor o custo da geração de energia no país. As cores das bandeiras (verde, amarela ou vermelha) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Desde que o sistema foi criado até janeiro de 2016, estava em vigor a bandeira vermelha no Paraná, que indicava o pior cenário, com um acréscimo de R$ 4,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos.

Em março, pela primeira vez começou a vigorar a bandeira amarela no estado, reduzindo para R$ 1,50, o valor cobrado para cada para cada 100 kWh consumidos. Para abril, a expectativa é de que a bandeira passe a ser verde, quando não há cobrança adicional.

Colaboração: Assessoria de Imprensa do Governo do Paraná