21°
Máx
17°
Min

Contra projeto que pode revogar o reajuste salarial, servidores públicos se manifestam na Alep

(Foto: APP Sindicato) - Servidores públicos estaduais se manifestam na Alep
(Foto: APP Sindicato)

A possibilidade de que o projeto de lei que revoga o reajuste salarial dos servidores púbicos estaduais, entrasse em votação na última sessão da Assembleia Legislativa do Paraná, na manhã desta quarta-feira (20), levou funcionários a se manifestarem nas galerias da Casa.

Conforme informações da APP Sindicato, uma declaração do secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, de que o Executivo pode não ter dinheiro para cumprir com o acordo feito em relação ao reajuste salarial e as progressões dos funcionários, devido à crise, acendeu o alerta.

O projeto não entrou em discussão, ficou para a volta dos trabalhos após o recesso parlamentar. O governo pretende implantar as promoções e progressões a partir de janeiro de 2017, o que levaria a data base do funcionalismo adiante. Outro ponto apontado pelos servidores, é que existem dois reajustes ainda pendentes de pagamento.

Na Educação, os trabalhadores seguem em ‘estado de greve’. Os servidores afirmam que seguirão mobilizados e que “não aceitam a revogação de direitos adquiridos”.

Colaboração APP Sindicato