22°
Máx
17°
Min

Copel reforça abastecimento de energia em Sertanópolis

(foto: Copel/Divulgação) - Copel reforça abastecimento de energia
(foto: Copel/Divulgação)

A Copel está investindo R$ 2 milhões na ampliação e modernização das redes de distribuição de energia elétrica em Sertanópolis (40 km de Londrina). O conjunto de obras contempla troca de postes e fios da rede elétrica, a construção de um novo circuito e a instalação de novos equipamentos na subestação de energia da cidade.

O trabalho de reforço contempla tanto a fonte de abastecimento da cidade, oriunda de Bela Vista do Paraíso, quanto as redes presentes na área urbana. A rede de abastecimento será completamente reformada, com a troca de 22 quilômetros de fiação por cabos mais robustos e a implantação de 175 postes. Já nas redes que partem da subestação para alimentar casas, comércios e indústrias do município estão sendo substituídos 2,5 quilômetros de fiação.

Em ambos os casos, as estruturas localizadas em área urbana estão recebendo a tecnologia de rede compacta, que diminui em até 70% a frequência de desligamentos acidentais causados por contato dos galhos e outros objetos com a fiação. Isto ocorre porque os cabos são protegidos por uma capa de material polimérico, o que permite também a instalação dos fios mais próximos entre si, reduzindo a necessidade de poda nas árvores. “Com este investimento teremos um ganho na proteção do meio ambiente, enquanto aprimoramos a qualidade dos serviços prestados à população”, afirma o gerente de Projetos e Obras da Copel, Marcos André Bassetto. Ele ressalta que as obras têm conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2017 e foram programadas para acompanhar o crescimento da cidade, possibilitando o atendimento a uma demanda maior por energia elétrica.

Desligamentos programados

A maior parte dos trabalhos em execução na região de Sertanópolis tem sido executada com a rede elétrica ligada, ou transferida para fontes alternativas; porém, alguns serviços exigem o desligamento da energia na área de atuação das equipes. Por isto, a Copel tem programado interrupções no fornecimento, como a ocorrida no último domingo, dia 28 de agosto.

A atividade é planejada em conjunto com a área de operação da empresa, que estuda a configuração do sistema, de modo a desligar o menor número de domicílios e durante o menor intervalo de tempo possível, além de dar prioridade para os finais de semana, de forma a minimizar os transtornos para o trânsito e o comércio locais. A programação dos desligamentos pode ser consultada no site www.copel.com e pelo aplicativo gratuito Copel Mobile.

(com assessoria de imprensa)