22°
Máx
16°
Min

Corrupção na Receita era institucionalizada, diz delator

(Foto: Mike Okano/Rede Massa) - Corrupção na Receita era institucionalizada, diz delator
(Foto: Mike Okano/Rede Massa)

Delator do esquema de corrupção instalado na Receita Estadual do Paraná, descoberto pela Operação Publicano, o auditor fiscal Luiz Antonio de Souza é interrogado em audiência no Tribunal do Júri de Londrina na tarde desta segunda-feira (7).

No início do depoimento, Luiz Antonio afirmou que a corrupção na Receita Estadual é 'institucionalizada', dizendo que 80 a 90% estão envolvidos com práticas ilegais.

O delator disse que a aceitação dos empresários ao esquema de pagamento de propina era “fácil”. Luiz Antonio disse relatou ainda que várias empresas da região possuem irregularidades fiscais. Para manter a prática de caixa dois, aderiam ao esquema dos auditores.

O auditor apontou que os participantes do esquema enviavam R$ 100 mil por mês para a sede da Receita Estadual em Curitiba. O valor, segundo Luiz Antonio, correspondia a 10% da arrecadação ilícita.

(colaborou Larissa Fernandes/Rede Massa)