27°
Máx
13°
Min

Cortejo fúnebre da Polícia Militar homenageia soldado assassinado

Polícia Militar presta últimas homenagens a Rodrigo Federizzi

Policiais Militares fazem nesta manhã (15) um cortejo fúnebre em homenagem ao policial militar Rodrigo Federizzi, cujo corpo foi localizado no domingo (14), parcialmente enterrado em uma cova rasa na área rural de Araucária. As informações foram levantadas pela equipe de reportagem Ricardo Vilches e Alex Blek, da Rede Massa, que acompanha o sepultamento,  que acontece no Cemitério do Campo Comprido.

A equipe também revelou, que a polícia divulgou que a identificação formal do corpo foi efetuada através de exames papiloscópicos, ou seja, através da análise das impressões digitais, que estavam intactas. Ainda conforme a polícia, “a aliança com o nome da esposa foi apenas mais uma complementação, mas a identificação ocorreu pelas digitais”.

A esposa de Federizzi, Ellen Federizzi, foi presa preventivamente pela polícia e segue detida, acusada de ser a autoria do crime.

Entenda

No dia 30 de julho a esposa de Federizze registrou o desaparecimento do marido. O relato dela à polícia foi de que “ele teria saído por volta de 10h30 do dia 28, sozinho, levando a arma da corporação e certa quantia em dinheiro e que afirmou que estava investigando o crime de roubo do qual ela teria sido vítima”.

Colaboração Ricardo Vilches/Alex Blek/Rede Massa