20°
Máx
14°
Min

Cruzes brancas em Maringá fazem memória às vítimas de acidente de trabalho

Nesta quinta-feira (28) é celebrado o Dia Mundial da Segurança e da Saúde no Trabalho. Em Maringá, para lembrar a data e a importância da prevenção, cruzes brancas foram colocadas na Avenida Tuiuti em memória das vítimas de acidentes de trabalho. Na Câmara, entra na pauta de hoje um projeto de lei do vereador Chico Caiana (PTB), presidente da Casa, que inclui a comemoração no calendário oficial do município.

A Câmara de Maringá apoia o movimento Abril Verde, que propõe a mobilização e conscientização para práticas que assegurem mais segurança e saúde no ambiente profissional. A iniciativa é do Sindicato dos Técnicos de Segurança do Paraná e tem como símbolo o laço verde, assim como o laço do Outubro Rosa da luta contra o câncer de mama.

O mês de abril foi escolhido por abrigar as comemorações do Dia Mundial da Saúde (7) e do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho (28), este proposto pela Organização Mundial do Trabalho. Já a cor verde foi escolhida por lembrar a saúde.

Segundo o movimento Abril Verde, a cada minuto, três pessoas morrem em acidentes de trabalho no mundo. No Brasil, são 4 mil falecimentos por ano. Além disso, 160 milhões de trabalhadores sofrem com doenças relacionadas à atividades profissional por ano.

Além de pensar na saúde do trabalho, a proposta de mudança de cultura tem impactos econômicos, já que empresas perdem dinheiro, tempo e produtividade com funcionários doentes. O vereador Chico Caiana acredita que o projeto de lei formulado por ele, que incentiva o Abril Verde, será aprovado em virtude da importância do tema.

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa