24°
Máx
17°
Min

CURITIBA ABANDONADA: falta de fiscalização da prefeitura complica cruzamento no Batel

O cruzamento entre a avenida Visconde de Guarapuava e Francisco Rocha, no Batel, virou motivo de dor de cabeça para motoristas e moradores da região. O trecho passou por revitalização, mas a nova sinalização não é respeitada por alguns motoristas.

“O pessoal se bate bastante, não chega a dar acidente, mas os motoristas quase batem, sempre tem um xingando o outro”, comentou Josiane Faria, que trabalha em um condomínio em frente ao cruzamento. Ela conta ainda que a situação fica mais crítica nos horários de pico.

Conforme a nova sinalização, os motoristas que seguem pela pista da direita da Francisco devem acessar a primeira pista da Visconde de Guarapuava. Quem está na faixa do meio tem a opção de acessar as duas faixas da Visconde de Guarapuava ou continuar na Francisco Rocha e quem trafega pela terceira faixa é obrigado a continuar na Francisco Rocha.

Apesar das placas, muitos motoristas que estão na primeira faixa da Francisco Rocha viram na segunda pista da Visconde de Guarapuava enquanto deveriam virar na primeira. Assim, avançam sobre os carros que respeitam a sinalização.

Os motoristas que perceberam a situação pedem reforço na sinalização e a presença de agentes da Setran. “Já fiz pedido na Central 156 mais de uma vez. Aqui precisa de uma pintura que mostre para onde cada faixa deve seguir”, comentou um motorista que preferiu não se identificar.

Em nota, a secretaria municipal de Trânsito (Setran) informou que a “sinalização no local é adequada” e que a sugestão de pintura no sentido das pistas iria entrar em conflito com a yellow box já existente no local. “A secretaria irá realizar nos próximos dias ações de fiscalização programadas para verificar o cumprimento da sinalização na região”, afirmou a secretaria. “Faz tempo que estamos pedindo, mas até hoje não fizeram nada ali”, criticou o motorista.