23°
Máx
12°
Min

CURITIBA ABANDONADA: prefeitura retira lombada e moradores afirmam que rua ficou perigosa

(Foto: Josiane Tracz) - CURITIBA ABANDONADA: prefeitura retira lombada e rua se torna perigosa
(Foto: Josiane Tracz)

Josiane Tracz precisa atravessar a rua José Rodrigues Pinheiro, no bairro Capão Raso, em Curitiba, praticamente todos os dias, para conseguir chegar ao ponto do ônibus que ela pega para ir trabalhar. Até dois meses atrás, a rotina da jovem vendedora de 21 anos era tranquila, sem maiores dificuldades. No entanto, a via começou a ser revitalizada. Josiane estranhou. “A rua nem precisava ser mexida, estava boa. Tinham outras bem piores.”

De qualquer forma, ela não se importou muito. No entanto, assim que a obra terminou, a vendedora percebeu que atravessar a José Rodrigues Pinheiro não seria mais algo tão simples – e muito menos rápido. “Tinha uma lombada nessa rua, que fazia com que os carros andassem mais devagar, evitando acidentes, e a gente conseguia atravessar. Mas eles tiraram a lombada e tudo piorou.”

Segundo ela, a alteração tornou a rua perigosa tanto para os motoristas como para os pedestres. “Está tendo acidente ali quase todos os dias, por que os carros estão andando muito rápido sem a lombada. Além disso, para atravessar a rua, às vezes a gente leva mais de cinco minutos, sem contar o risco de acabar sendo atropelada”, desabafou.

Josiane relatou, inclusive, um acidente grave que aconteceu na última segunda-feira (26) e que deixou pelo menos três pessoas feridas. “Foi uma batida muito forte, na lateral de um pálio. Os Bombeiros precisaram cortar a porta para conseguir tirar as pessoas de lá. E elas precisaram ir para o hospital, porque estavam bastante feridas. Antes de tirar a lombada, não tinha esse tipo de acidente”, afirmou.

A jovem de 21 anos ainda destacou que vários moradores da região acionaram o 156 da Prefeitura de Curitiba, para tentar solucionar o problema criado pela própria administração municipal. “Eles falam que vão colocar, mas não colocam nunca. Estamos há dois meses com essa situação. Mas depois desse acidente, eu resolvi publicar nas redes sociais, para ver se ganhava repercussão”, relatou.

Josiane afirmou que ainda não entendeu o porquê da lombada não ter sido colocada novamente. “Eu não entendi por que tiraram. Ficou horrível ali. Acho uma sacanagem. Fazem uma coisa, mas acabam piorando o que não estava ruim. Por isso publiquei nas redes sociais, não estava dando certo esperar por uma solução da parte deles”, explicou.

Em nota, a Secretaria Municipal de Trânsito informou que as lombadas foram retiradas para que fosse realizado o recapeamento da rua José Rodrigues Pinheiro. Além disso, afirmou que “a reimplantação das mesmas já está na programação e deverá ocorrer em breve”, mas ainda sem uma data definida. Por fim, segundo a Setran, está prevista a implantação de um semáforo no cruzamento da via com a rua Laudelino Ferreira Lopes, até o final do ano.

Enquanto isso, Josiane vai ter que esperar e tomar muito cuidado para conseguir atravessar a rua com segurança. “Eu acho que com a repercussão do assunto, inclusive com a minha postagem nas redes sociais, finalmente a situação vai ser resolvida. A única coisa que queremos é a lombada novamente no local”, destacou.