21°
Máx
17°
Min

Curitiba vai intensificar ações de combate à dengue e ao Aedes Aegypti

Centro Operacional de Estratégias em Saúde vai monitorar situações de crise geradas pela transmissão da dengue pelo mosquito Aedes aegypti (Foto: AEN) - Curitiba vai intensificar ações de combate à dengue e ao Aedes Aegypti
Centro Operacional de Estratégias em Saúde vai monitorar situações de crise geradas pela transmissão da dengue pelo mosquito Aedes aegypti (Foto: AEN)

Após o registro da primeira morte por dengue em Curitiba, a Secretaria Municipal de Saúde informou que vai intensificar as ações de combate à doença. Será implantado nesta quinta-feira (11) o Centro Operacional de Estratégias em Saúde, com o objetivo de reunir os dados referentes a dengue na cidade e acelerar o monitoramento de situações de crise.

Além do registro de morte na cidade, o cenário preocupa porque houve um salto no número de casos confirmados em Curitiba. Em janeiro de 2015, a cidade teve 10 confirmações de pacientes com a doença, enquanto em janeiro deste ano houve o registro de 106 casos.  No entanto, todas as ocorrências são ‘importadas’.

A secretaria ressalta que vem realizando, desde novembro do ano passado, diferentes ações educativas em duas frentes: no combate ao mosquito Aedes aegypti nos imóveis de Curitiba e na  orientação de viajantes para áreas consideradas de risco. 

Também nesta quinta-feira (11),  diferentes secretarias municipais de Curitiba e representantes das Forças  Armadas participam de um encontro para discutir um plano de ações conjuntas de combate ao mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e do chikungunya.

Uma importante ação de prevenção ao Aedes aegypti acontece neste sábado (13). O Dia D de combate ao  mosquito vai reunir diferentes atividades para mobilizar a população quanto ao  problema e estimular a vistoria constante de possíveis focos de criadouro do Aedes aegypti.

Com colaboração da Prefeitura de Curitiba