21°
Máx
17°
Min

Dados da prefeitura sobre habitação são contestados na Câmara

(Foto: Divulgação) - Dados da prefeitura sobre habitação são contestados na Câmara
(Foto: Divulgação)

As informações sobre atividades da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab-CT) foram contestadas no plenário da Câmara Municipal de Curitiba na sessão da última terça-feira (16). Os dados estão em uma resposta oficial do Executivo a um pedido do Legislativo referente às atividades da companhia entre 2013 e 2015.

Segundo a Câmara, o pedido de informações solicitava dados sobre a relação das obras que tiveram edital, licitações e todas as etapas das obras a partir de 1º de janeiro de 2013; datas de inauguração; e unidades entregues no período.

O documento encaminhado pela prefeitura indica que, neste período, foram contratadas ou entregues 10.565 unidades habitacionais. A resposta ainda traz uma lista os empreendimentos na área de habitação. Segundo a Câmara, o documento possui uma série de referências a várias parcerias com iniciativa privada dentro do Programa Minha Casa Minha Vida para a realização das obras de unidades habitacionais.

O parlamentar que protocolou o pedido de informação declarou durante a sessão que a prefeitura passou “uma informação muito errada” e apresentou um levantamento sobre unidades entregues neste período. Segundo estes dados, das 10,5 mil unidades entregues, apenas 1.790 são ações da Cohab, ou seja, desvinculadas de parcerias com a iniciativa privada ou financiamentos do Minha Casa Minha Vida. O vereador ainda afirmou que, destas 1.790, apenas 486 unidades têm origem em ações tomadas a partir de 2013. Para o parlamentar, o programa habitacional do município não faz mais do que 100 casas anuais e isto levará a um impacto na área nos próximos anos.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba