22°
Máx
14°
Min

De cinema: homem rouba carros, atropela pedestre, foge pela contramão e morde policial

Depois de roubo, acidente, fuga e mordida, homem é preso

O desenrolar da história durou praticamente o dia todo e acabou com um homem preso, depois de roubar dois carros, atropelar uma mulher, dirigir 15 quilômetros na contramão e ainda morder os policiais que o prenderam.

As informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), são de que na manhã de segunda-feira (27), os policiais foram acionados na BR-277, nas proximidades do pedágio de São José dos Pinhais, para atender uma ocorrência de um homem armado com um bastão e que ameaçava condutores que trafegavam pelo local.

Lá, encontraram um Uno parado sobre uma das faixas, sem combustível e com danos em sua parte frontal. Um policial militar que passava pelo local tentou efetuar a prisão do motorista, que, após se envolver em um acidente, agredia o condutor de outro veículo. Mas o agressor fugiu em direção a um matagal. Pouco depois, o homem roubou uma caminhonete Ford Pampa na porteira de uma chácara da região. Com o bastão, quebrou o para-brisa e exigiu que o motorista saísse do veículo.  Na sequência, seguiu, pela contramão e em alta velocidade, com destino à Paranaguá. Na carroceria, havia uma ovelha.

A PRF e a PM efetuaram acompanhamento tático por cerca de seis quilômetros, sendo que no percurso, teria batido contra outros veículos que seguiam na mão correta de direção. Também neste trecho, ele atropelou uma mulher que caminhava pelo acostamento. A vítima sofreu ferimentos moderados, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Cajuru.

O condutor somente parou o carro depois de bater em uma carreta e em um caminhão guincho. Mas, ainda assim, abandonou o veículo e entrou na mata. A polícia fez buscas, mas ele não foi encontrado.

Por volta de 16 horas, um homem suspeito foi avistado caminhando pelo acostamento da rodovia. Ele mantinha um bastão nas mãos. A polícia se deslocou até o local e abordou o suspeito, que reagiu com violência, sendo que agrediu dois policiais. Um foi ferido no rosto e o outro teve a mão mordida pelo suspeito. Foram necessários quatro policiais para conterem o acusado. Conforme a polícia, ele apresentava sinais de uso de entorpecente. À polícia, ele afirmou que usou cocaína. 

Colaboração PRF