21°
Máx
17°
Min

Defesa Civil precisa de 5 mil telhas para ajudar vítimas de temporal

Passados dois dias do temporal que atingiu a região de Ponta Grossa, a Defesa Civil do município passou a quarta e a quinta-feira nas regiões mais afetadas da cidade para fazer o levantamento dos estragos e avaliar as necessidades de cada região. No total, 167 residências foram danificadas pelo vendaval e pela chuva de granizo e, embora mais de 1,8 mil metros de lona tenham sido distribuídos, as famílias ainda precisam das telhas para consertar as casas.

“Somente na Vila Jamil, onde 78 casas foram danificadas, serão necessárias 3.915 telhas de amianto de 50 x 2,84. Em toda a região mais afetada, que foram seis bairros de Ponta Grossa, levantamos a necessidade de 5 mil telhas”, esclarece o coordenador da Defesa Civil na cidade, Edson Witek.

A Prefeitura de Ponta Grossa já liberou a verba para a aquisição do material, mas todo o trâmite burocrático deve levar pelo menos dez dias. Por isso, a Defesa Civil solicita doações de telhas de amianto que possam auxiliar as famílias afetadas pelo temporal.

Colaboração Rafaela Schuinka, da Rede Massa.