22°
Máx
17°
Min

Delegada libera mãe após entender que chinelada foi "correção"

A delegada do Núcleo de Proteção a Crianças e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), Iane Cardoso, liberou a mãe suspeita de agredir o filho de um ano na noite desta segunda-feira (19), em Foz do Iguaçu.

A mulher foi levada para prestar esclarecimentos e a delegada concluiu tratava-se apenas de uma "correção". Por causa disso, a criança foi devolvida à mãe, que não vai responder por crime algum. 

O caso aconteceu nesta segunda-feira (19), depois de um vídeo gravado por um vizinho invadir as redes sociais. Nas imagens, a mulher batia com um chinelo na criança, no quintal da residência da família, localizada no Jardim Elisa I. O Conselho Tutelar foi ao local e acompanhou o caso.

Colaboração: Luciana Barcellos/Rede Massa.