28°
Máx
17°
Min

Depois da Câmara, taxistas seguiram em carreata até o prédio da Justiça Federal

Mobilização continua e taxistas seguem para Justiça Federal

Os taxistas que desde o início desta manhã (27), se mobilizam contra a presença do aplicativo Uber na cidade, seguiram da Câmara de Vereadores até a sede da Justiça Federal. Eles pediram o apoio do juiz Sergio Moro para a causa.

A informação repassada pela polícia, no entanto, é de que “os manifestantes não serão recebidos”. A Polícia Militar ordenou que o som fosse desligado e coordenou a ação.

Uma bomba foi explodida e houve princípio de confusão, mas a polícia conteve a situação e dispersou as pessoas.  Aos poucos, os taxistas deixaram o local.

Ao contrário do que havia sido afirmado mais cedo, os motoristas do Uber ficaram na Câmara de Vereadores, e não seguiram para JF.


Colaboração Paula Caroline Schreiber