28°
Máx
17°
Min

Deputados prometem ação para desapropriar imóvel em favor do Hospital Infantil de Londrina

(foto: Divulgação) - Deputados prometem ação para desapropriar imóvel do Hospital Infantil
(foto: Divulgação)

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), juntamente com os deputados federais Alex Canziani (PTB) e Luiz Carlos Hauly (PSDB) participou na manhã desta sexta (15), de uma reunião na Santa Casa de Londrina, onde definiram a formação de um “pacto” pelo Hospital Infantil de Londrina, para a aquisição do imóvel e a ampliação da unidade que completa 50 anos em 2017.

O “pacto” consiste em trabalhar para a desapropriação do imóvel onde está instalado o hospital entre as ruas Pernambuco e Juscelino Kubitschek e obter para a ampliação da em 1.500 metros quadrados do prédio, que hoje é alugado. Além disso, explicou o superintende Fahd Haddad, já existe o projeto de ampliação, mas para que ela possa ser feita, é preciso ter a posse do imóvel.

“É uma excelente ideia e terá todo o meu apoio e dedicação. Vamos entregar essa proposta ao governador Beto Richa no mês que vem, quando ele virá a Londrina inaugurar o Teatro Mãe de Deus e os deputados federais Canziani e Hauly vão conversar com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para garantir a verba para ampliação”, explica Cobra.

O deputado Alex Canziani também explicou que o objetivo é integrar os dois governos para garantir os recursos. “O governo estadual poderia desapropriar o local, que teria custo aproximado de R$ 8 milhões e o governo federal se encarregaria dos outros R$ 8 para a ampliação, seja por meio de emenda de bancada ou outro mecanismo. Seria nosso pacto pelos 50 anos do Hospital Infantil”, enfatizou.

Fahd Haddad, superintendente da Santa Casa, que também administra do Hospital Infantil destacou que a unidade me referência em atendimento de cirurgia cardíaca infantil de alta complexidade para oito regionais de saúde, que abrangem 165 municípios, além de ser especializado no atendimento à criança com trauma. “Com a ampliação poderemos ter novos equipamentos, ampliar o atendimento, melhorar a UTIs, construir uma casa acolhedora para mães e modernizar as instalações”, afirmou.

O Hospital Infantil atende mais de 40 mil pacientes/ano e possui 44 leitos de internação, sendo 25 do SUS; 10 de UTI neonatal, sendo oito do SUS e 10 de UTI pediátrica, sendo sete do SUS; possui 120 médicos no corpo clínico e atende mais de 20 especialidades.

Os deputados e a direção da SANTA Casa/Hospital Infantil saíram otimistas da reunião. Estavam presentes o secretário municipal de Saúde, Gilberto Martin, o assessor do prefeito, José Cyrillo da Silveira Mendes, a vice-provedora, Maria Josefa Santos Yabe e a diretora da instituição Irmã Elvira Maria Perides Lawand.

(com assessoria de imprensa)