22°
Máx
17°
Min

DER recupera pavimento da PR-445 entre Londrina e Mauá

(foto:  Jorge Woll/DER) - DER recupera pavimento da PR-445 entre Londrina e Mauá
(foto: Jorge Woll/DER)

As obras de conservação e manutenção feitas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), desde o início do ano, melhoraram as condições de tráfego em rodovias estaduais na região de Londrina, no Norte do Estado. Cerca de 600 mil moradores de Londrina, Tamarana, Centenário do Sul, Porecatu, Lupionópolis e Cafeara já se beneficiam com os resultados do trabalho, que garante mais segurança e mais agilidade no tráfego.


 Desde janeiro até o mês de junho, o Governo do Paraná já investiu cerca de R$ 10 milhões nas obras. Uma das estradas que receberam melhorias foi a PR-445, no trecho que vai desde Londrina até Mauá da Serra. A rodovia é uma das principais da região, por onde circulam 20 mil veículos diariamente.

Ao longo de 72,4 quilômetros foram feitas fresagens, com a retirada do pavimento antigo e colocação de um novo asfalto, reperfilagens e remendos. Esse tipo de trabalho mais profundo foi feito de forma descontínua, nos locais onde o pavimento apresentava maiores irregularidades.

 Na última semana de junho o trabalho estava concentrado no km 25 da PR-445, em Tamarana. Próximo ao bairro Jamile Dequech, em Londrina, o DER fez toda a recuperação do pavimento e uma nova sinalização foi implantada na rodovia. O estudante Allison de Almeida Campos, 21 anos, mora no distrito de Lerroville e utiliza a PR-445 todos os dias para estudar em Londrina.

 “Essas obras de manutenção trazem vários benefícios, como maior agilidade de deslocamento e mais segurança. Também ajuda na parte econômica. Sem buracos na rodovia gastamos menos com a manutenção do carro”, afirmou Campos.

 Na PR-450, entre Centenário do Sul até Porecatu, também foram feitas melhorias no asfalto. A rodovia recebeu obras de reperfilagem e remendos. O investimento foi de R$ 600 mil na recuperação do trecho de 24,2 quilômetros.

 O mesmo trabalho foi feito na PR-543, nos 8 quilômetros entre Lupionópolis e Cafeara. Foram investidos R$ 350 mil na manutenção e conservação do trecho. “As obras de conservação e manutenção das rodovias estaduais são feitas de forma contínua em todas as regiões do Paraná”, explicou o diretor-geral do DER, Nelson Leal Júnior.

 (com Agência Estadual de Notícias)