22°
Máx
16°
Min

Descaso da Prefeitura: doentes esperam 10 horas para serem atendidos

Moradores que precisam de atendimento na UPA do Pinheirinho chegam a ficar mais de 10 horas esperando atendimento, inclusive pessoas que precisam ficar de jejum (sem comer) para realizar um exame.

Essa situação foi registrada pelo leitor do Massa News, Jeferson da Silva Ferreira, de 30 anos, que precisou de atendimento na UPA, mas quando chegou lá, por volta das 18h, da última segunda-feira (26), foi informado de que deveria esperar cerca de 5 horas para ser atendido. “Isso é um descaso com a população. Um cachorro é melhor atendido do que nós, quando precisamos de atendimento”, desabafa Ferreira. “Pessoas cadeirantes, gestantes, precisam esperar horas e horas pelo atendimento”.

O morador do bairro ainda disse que apesar dos diversos consultórios, apenas três médicos estavam atendendo. “Oito consultórios para três médicos e mais de 50 pessoas esperando um atendimento digno, isso é inadmissível em uma cidade como essa. Depois eles chegam pedindo voto, mas fazer o que devem, não fazem”.

A Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informou, em nota, que são oito médicos, mas três ficam atendendo nos corredores, dois são pediatras e três ficam nos consultórios. Ainda de acordo com a Secretaria, a média de atendimentos no dia foi de seis horas, diferente do relatado pelos pacientes. Não foi informado se haveriam mudanças no quadro funcional, como por exemplo, o aumento de médicos. Enquanto a prefeitura dá "desculpas" pelo mal atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento, os curitibanos continuam sofrendo e torcendo para serem tratados com dignidade.