22°
Máx
17°
Min

Desvio da PR-323 é liberado para tráfego

(Foto: Prefeitura de Cianorte) - Desvio da PR-323 é liberado para tráfego
(Foto: Prefeitura de Cianorte)

A Prefeitura de Cianorte liberou na quinta-feira (17) o desvio da PR-323, que está interditada há cerca de um mês na altura do quilômetro 225. Uma cratera de 20 metros surgiu no trecho após chuvas que causaram problemas nas galerias pluviais.

O município liberou maquinário e servidores para a obra, já a construtora Laguilo – que foi contratada para fazer a recuperação da PR-323- entrou com a brita para regularização do solo. O Departamento de Estradas e Rodagem foi o responsável pela sinalização do desvio, disponível para veículos leves e pesados.

“Entramos em contato com órgãos envolvidos e, juntos, encontramos uma solução temporária, melhorando a vida dos nossos moradores, motoristas e de todos os que precisam passar pela PR-323”, comentou o prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno (PMDB).

A Câmara Municipal de Cianorte solicitou o desvio após reclamações dos moradores, devido ao tráfego pesado que estava deteriorando o asfalto e tornando lento o trânsito nas avenidas Maranhão, Amazonas e Pernambuco.

“Havia, de fato, muitos prejuízos, tanto para comerciantes e motoristas aqui na rodovia quanto para moradores do bairro, que tinham a sua segurança e comodidade colocadas em risco com a passagem de muitos caminhões e carros por dentro da cidade”, disse o presidente da Câmara Municipal de Cianorte, Adailson da Costa, o Dadá.

A construtora Laguilo tem 150 dias para entregar as obras de recuperação da PR-323. Porém, o município espera ter o trecho pronto em dois meses, caso não haja muitas chuvas.