22°
Máx
14°
Min

Dois torcedores são presos por emboscadas

Dois torcedores são presos por emboscadas

Dois torcedores de uma organizada do Atlético-PR foram presos na manhã desta sexta-feira (1º) na Operação Estratagema II, realizada pela Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) em Curitiba. Quatro homens seguem foragidos. De acordo com a Polícia Civil, a operação teve o objetivo de combater atos de violência praticados por torcedores

Após 90 dias de investigação, os policiais solicitaram os mandados de prisão para seis torcedores da organizada denominada Zona Sul, do Atlético-PR. Os mandados foram expedidos pela 11ª Vara Criminal de Curitiba.

Os torcedores presos hoje e os procurados continuaram praticando ações violentas mesmo com a prisão de outros integrantes da organizada, no dia 28 de abril deste ano. O grupo, inclusive, seguiu agindo da mesma forma, provocando emboscadas.

O caso investigado pela Demafe foi o da emboscada contra dois torcedores do Coritiba. Um conseguiu fugir e outro foi agredido em uma rua sem saída. Ele teve seus pertences roubados e conseguiu fugir por uma valeta até uma via.

De acordo com o delegado Clóvis Galvão, o problema é acentuado nas periferias da cidade, principalmente na região sul, antes e depois dos jogos.  “Um exemplo disso foi o último Atletiba. A polícia não tem contingente para repreender esse tipo de demanda porque são focos em várias regiões. A delegacia é incansável neste tipo de combate e já estamos buscando os outros quatro foragidos que já estão com mandado de prisão”, comentou.

Houve ainda a apreensão de uma espingarda e de aparelhos celulares, além de camisas de torcidas organizadas. Os presos vão responder por crime de roubo majorado e associação criminosa. As penas somadas chegam a 11 anos de reclusão.  

Colaboração Paula Schreiber