24°
Máx
17°
Min

Educadores continuam em greve em São José dos Pinhais

Servidores se concentram em frente à Secretaria de Educação (Foto: Divulgação/Sinsep) - Educadores continuam em greve em São José dos Pinhais
Servidores se concentram em frente à Secretaria de Educação (Foto: Divulgação/Sinsep)

O impasse entre servidores da educação infantil de São José dos Pinhais e a Prefeitura continua e com isso, a greve. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsep) afirmou que a categoria segue hoje (18) para o quarto dia de greve e que até o momento “não houve diálogo efetivo com a administração”. Os servidores se concentram em frente à Secretaria da Educação.

Ainda conforme o Sindicato, a mobilização não visa melhorias salariais e sim nas condições de trabalho. Os servidores busca, entre outras coisas, a hora atividade para as educadoras e a redução da quantidade de crianças por educadora nas salas. Segundo o Sindicato, com a adesão de parte dos funcionários à greve, ‘algumas unidades ficam fechadas’.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São José dos Pinhais, por sua vez, afirma que mesmo com a greve, ‘todos os Cmeis estão em funcionamento’. A Prefeitura também destaca que não tem conhecimento de que educadoras estariam cuidando sozinhas de turmas com 20 crianças. “Este fato está em desacordo com a Resolução 002/2015 e não é do conhecimento da Secretaria de Educação que preza pelo cumprimento da Lei”, enfatizou. “A Prefeitura orienta que caso haja educadoras nessa situação, que entrem em contato direto com a Secretaria de Educação”.

Outro ponto de reivindicação, a hora atividade, segundo a Assessoria, é “uma prerrogativa prevista em lei nacional LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) para o cargo de professores e pedagogos, não contemplando o cargo de educadora.

Colaboração Sinsep e Assessoria de Comunicação Prefeitura de S~JP