24°
Máx
17°
Min

El Niño deixa estrago na produção agrícola do Paraná

(Foto: ANPr) - El Niño deixa estrago na produção agrícola do Paraná
(Foto: ANPr)

O El Niño está perdendo força, mas ainda tem efeitos sobre a produção paranaense. As chuvas ocorridas na região Sul do Brasil, em especial no Paraná, entre setembro de 2015 e o início de fevereiro de 2016, provocadas pelo fenômeno climático, causaram impactos impacto na cultura da soja, com reflexo direto na produtividade e na qualidade da produção. O Paraná caminha para o final da colheita da soja, restando apenas áreas localizadas ao Sul do Estado.

Nas lavouras de grãos de verão, como soja, milho e feijão da primeira safra (2015/16), as perdas foram mais acentuadas nas regiões do Norte Pioneiro e Central. “Ainda assim, a safra total de grãos deve ser boa”, diz o secretário da Agricultura e do Abastecimento Norberto Ortigara.

Segundo o relatório de março do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, somadas a safra de grãos de verão, segunda safra e safra de inverno, o Paraná tem potencial ainda para colher 38 milhões de toneladas, repetindo o volume colhido no ano passado.

Colaboração AEN