28°
Máx
17°
Min

Em depoimento, presos com dinamite dizem ter ‘achado’ explosivos

(foto: WhatsApp/Divulgação) - Em depoimento, presos com dinamite dizem ter ‘achado’ explosivos
(foto: WhatsApp/Divulgação)

Os dois jovens presos na segunda-feira (16) com seis bananas de dinamite no conjunto Padre Rino Nogarotto, em Ibiporã, prestaram depoimentos nada convincentes na delegacia.

Leonardo Bernine e Guilherme Aparecido Filho, ambos de 18 anos, disseram ter encontrado ocasionalmente a sacola com as seis bananas. Enquanto um deles confessou a posse, o outro afirmou que só tinha ido junto com o comparsa para guardar os objetos.

A rua André Rossato ficou isolada durante toda a tarde, até a chegada do esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope), no final da noite.

A dupla segue detida em Ibiporã e vai responder pelo crime de posse de artefato explosivo, que prevê pena de três a seis anos de prisão.