27°
Máx
13°
Min

Em Maringá, briga trabalhista por moto acaba em perseguição policial

Uma briga trabalhista terminou como caso de polícia na manhã desta quinta-feira (22), em Maringá. Inicialmente, a Polícia Militar recebeu uma denúncia do furto de uma motocicleta de um estabelecimento comercial.

O veículo foi rastreado e localizado na Avenida Nildo Ribeiro da Rocha, onde um rapaz foi detido. Porém, ao ser levado para a viatura, Elvis Araújo dos Santos negou o crime e contou o que teria acontecido.

Segundo Santos, ele trabalhou por dois meses no local como entregador. Nesse período, usou dinheiro próprio para trocar os pneus e outras peças da motocicleta.

Ao sair da empresa, decidiu então que retomaria os objetos comprados para moto, por isso, pegou a moto para leva-la à oficina, momento em que foi denunciado pelo ex-patrão.

A briga trabalhista foi levada para a delegacia, onde seria esclarecida.

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa