27°
Máx
13°
Min

Em Maringá, morador de rua reencontra família após 50 anos

Um reencontro familiar emocionou quem estava na rodoviária de Maringá no início da tarde desta terça-feira (5). José Antônio de Oliveira, 79 anos, foi abraçado pelos parentes que não via há 50 anos. Segundo a Guarda Municipal, que acompanhou a situação, várias pessoas se aglomeraram para acompanhar o fato e diversas choraram.

Oliveira dorme no terminal rodoviário de Maringá há cerca de três anos e conserta guarda-chuvas para sobreviver. Ele tem um problema motor na perna e estava sem ver a família há quatro décadas.

A união com os parentes veio a partir de um acaso. Integrantes do grupo Amigos Solidários de Maringá, que distribuem alimentos a moradores em situação de rua, conversaram com o idoso e descobriram que ele era de Bom Sucesso, mesma cidade natal de um dos voluntários - José Melo da Silva.

Silva avisou a sobrinha do idoso em Rondônia, que comunicou os parentes de Campinas (SP), onde mora uma irmã de Oliveira, de 91 anos. Ele estava bastante feliz, pois foi vizinho da família do morador de rua e se surpreendeu com a história.

A volta para casa

Nesta terça-feira, duas sobrinhas de José Antônio de Oliveira vieram de Campinas e abraçaram o tio. Ele foi levado à 9ª Subdivisão Policial de Maringá para fazer um boletim de ocorrência da perda de documentos e voltará a ter um lar, pois embarca para morar com os parentes.

A irmã moradora de Campinas está bastante ansiosa para revê-lo. Ela já havia escrito até uma carta para a imprensa, na busca pelo irmão, e agora poderá falar novamente com ele.