24°
Máx
17°
Min

Em média, 27 pessoas por mês foram presas suspeitas de furto ou roubo

(Foto: Divulgação/Polícia Civil) - Em média, 27 pessoas por mês foram presas suspeitas de furto ou roubo
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um balanço divulgado pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba mostra que 167 pessoas foram presas suspeitas de furto e roubo nos últimos seis meses, uma média de 27,8 pessoas por mês.

No mês de março, quatro pessoas – entre elas uma advogada – foram presas por fraude ao seguro DPVAT. Na Operação Mercúrio, outro exemplo, 14 mandados judiciais foram cumpridos em cinco estados e no Distrito Federal para prender uma quadrilha que aplicava golpes milionários.

As investigações também colocaram fim à Gangue da Marcha a Ré, com a prisão de 17 criminosos que foram tirados de circulação das ruas. As atividades, contudo, não deixaram de lado a busca diária pelos responsáveis por pequenos furtos e roubos.

As prisões das DFR são aquelas efetuadas apenas pela unidade, enquanto outras delegacias recebem presos de outras instituições de segurança, como a Polícia Militar e a Guarda Municipal.

Com informações da Polícia Civil