22°
Máx
16°
Min

Em missão em Rondônia, padre de Maringá morre em acidente na BR-429

(Foto: Divulgação) - Em missão em Rondônia, padre de Maringá morre em acidente na BR-429
(Foto: Divulgação)

Um padre da Arquidiocese de Maringá, que fazia missão no estado de Rondônia, morreu em um acidente de trânsito na noite dessa quarta-feira (11). Ele estava em um carro que caiu no Rio Queimado, na BR-429, no trecho entre a cidade de Costa Marques e o distrito de São Domingos.

Claudenir Bernardino de Matos havia participado da chegada da caravana do Divino no distrito de Porto Mortinho, em São Francisco do Guaporé. Ele havia ido até o local para recepcionar os fiéis e sofreu o acidente quando retornava para casa.

O sacerdote estava em uma VW Saveiro de placas NCF-8334, pertencente à igreja de Costa Marques, e caiu no Rio Queimado, no trecho onde existe uma ponte em que já aconteceram diversos acidentes com óbitos.

Ele integrava a Arquidiocese de Maringá e sua família é moradora da cidade de Paiçandu.

Histórico

Padre Claudenir Bernardino de Matos nasceu em 20 de maio de 1974 e foi ordenado em julho de 2009, na Paróquia Santo Cura D’Ars, em Paiçandu. Ele era o administrador paroquial da Basílica do Divino Espírito Santo em Costa Marques, pertencente à Diocese de Guajará-Mirim desde 2015, dentro do projeto Igrejas Irmãs da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 

“Perdemos um grande e jovem missionário. Estamos muitos tristes. É uma dor muito grande para todos nós”, comentou o arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti. Nesta sexta-feira (13), o corpo do presbítero será transladado do município de Costa Marques para o aeroporto de Porto Velho (RO), com destino a Maringá. Depois será levado à paróquia Santo Cura d´Ars, em Paiçandu.