22°
Máx
17°
Min

Em protesto, indígenas fazem funcionários de empresa reféns

Caminhões e tratores ficaram com indígenas enquanto PRF trabalha na negociação (Foto: Divulgação) - Em protesto, indígenas fazem funcionários de empresa reféns
Caminhões e tratores ficaram com indígenas enquanto PRF trabalha na negociação (Foto: Divulgação)

Funcionários de uma empresa que presta serviços à concessionária CCR Rodonorte foram rendidos por um grupo de aproximadamente 400 indígenas na tarde desta segunda-feira (4) em um trecho de obras de duplicação na BR-376, em Ortigueira, a 143 quilômetros de Ponta Grossa.

De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, os indígenas retiraram os funcionários de dentro das máquinas e mantiveram vários deles como reféns. Os trabalhadores só foram liberados no início da noite, após a intervenção da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas negociações. Ainda não há informações sobre as reivindicações do grupo e a PRF deve passar informações sobre o caso durante a tarde.

Veja abaixo a íntegra da nota emitida pela CCR Rodonorte:

“Na tarde desta segunda-feira (04), colaboradores que prestam serviço para a concessionária CCR RodoNorte nas obras de duplicação da rodovia BR 376 em Ortigueira foram surpreendidos por indígenas e comunidade lindeira, que foram até o local da obra e tomaram posse de veículos e maquinário, além de retirar colaboradores do local onde os serviços eram executados e liberá-los apenas no início da noite. Imediatamente a Concessionária comunicou as autoridades competentes sobre os fatos, requerendo providências”.