21°
Máx
17°
Min

Em SJP, greve foi suspensa, mas categoria segue mobilizada

As servidoras do setor de educação infantil de São José dos Pinhais decidiram em assembleia geral da categoria que apesar de a proposta ofertada pela administração pública não contemplar a pauta de reivindicações, suspender a greve que atingia os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis). De acordo com informações do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais (Sinsep), as servidoras decidiram encaminhar à administração uma contraproposta, e manter a mobilização da categoria.

Conforme o sindicato, a prefeitura propõe criar o cargo de Orientador Social além de manter o de Educador Social, definindo claramente quais as atribuições de cada um.  “O documento entregue pela gestão simplesmente ignora a questão das atendentes de creche do município”, afirma em nota o sindicato.

As servidoras também decidiram encaminhar a questão das atendentes de creche e educadoras sociais, em que alegam a prática do ‘desvio de unção’, ao poder judiciário.

A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação de São José dos Pinhais, mas não teve retorno até o fechamento desta matéria.

Colaboração Sinsep