24°
Máx
17°
Min

Empresa multada por preço abusivo de combustível vence licitação na Câmara de Londrina

(foto: Devanir Parra/CML) - Empresa multada por preço abusivo de combustível vence licitação
(foto: Devanir Parra/CML)

A Câmara de Vereadores de Londrina realizou pregão presencial para registro de preço de combustíveis para uso da frota do legislativo municipal.

Com preço máximo estabelecido em R$ 63,3 mil, a vencedora da licitação foi a Auto Posto San Petro LTDA., uma das 28 empresas multadas pelo Procon na semana passada acusadas de reajuste abusivo e injustificado no preço dos combustíveis.

A empresa foi a única cadastrada para participar da licitação, e ofereceu valor apenas R$ 120 abaixo do valor máximo estipulado no certame.

Apesar de ter sido multado pelo Procon, o posto de combustíveis teve o cadastro verificado pelo pregoeiro, e não foram encontrados registros por ato de improbidade ou qualquer observação que o impedisse de participar da licitação, cumprindo todos os requisitos da Lei de Licitação 8.666/93.

O preço foi estabelecido de acordo com a média apontada pela Agência Nacional de Petróleo entre os dias 12 e 18 de junho, com R$ 2,42 por litro de álcool e R$ 3,58 para a gasolina. O valor global da licitação corresponde a mil litros de álcool e 800 de gasolina por mês.

A homologação do resultado foi assinada pelo presidente da Câmara, Fábio Testa, na última segunda-feira (1º).