21°
Máx
17°
Min

Empresário morto usava documento falso, segundo a polícia

Empresário não mantinha contato com o irmão há tempos (Foto: TV Naipi Cascavel) - Empresário morto usava documento falso
Empresário não mantinha contato com o irmão há tempos (Foto: TV Naipi Cascavel)

A Polícia Civil de Cascavel já investiga a morte de um empresário, encontrado enterrado, na área rural, ontem (30), na região de Assis Chateaubriand. Conforme a polícia, o homem usava nome falso e tinha inclusive documentos falsos em nome de Paulo Ricardo Lourenço Sabino.

No entanto, conforme o Instituto de Identificação, ele é Gilmar de Oliveira Monteiro, 32 anos. O homem já tem inúmeras passagens pelos crimes de furto e roubo. Conforme a investigação, ele era foragido da justiça.

O irmão ficou surpreso ao saber da morte, pois segundo ele, há anos a família havia perdido o contato com a vítima. O homem morto era inclusive piloto de motovelocidade, mas com a identidade falsa.

Homem era piloto e usava identidade falsa (Foto: Facebook)Homem era piloto e usava identidade falsa (Foto: Facebook)

Um suspeito já está detido. Ele é Roberto Cesar Camargo e confessou que matou o empresário, asfixiado com um fio, por causa de uma dívida. O detido está na carceragem de Cascavel e vai responder por ocultação de cadáver, posse ilegal de arma de fogo e homicídio.

Em depoimento, o preso disse que um amigo o ajudou a enterrar o corpo, mas não revelou a identidade do coautor.

 Colaboração: TV Naipi Cascavel