22°
Máx
17°
Min

Envolvidos na ‘farra das diárias’ deixam a prisão por ordem da justiça

Envolvidos na ‘farra das diárias’ deixam a prisão por ordem da justiça

Os servidores e os vereadores de Itaipulândia, presos por conta da farra das diárias ganharam a liberada nesta sexta-feira (22). Uma decisão do Tribunal de Justiça do Paraná, do dia 20 definiu que todos os vereadores retornem aos cargos imediatamente.

A decisão foi baseada no gasto aos cofres públicos em manter os salários dos titulares e dos suplentes, valor que passaria de R$ 50 mil. O presidente da casa de leis foi notificado no dia da determinação da justiça e já comunicou os suplentes do ocorrido.

O Ministério Público pode recorrer da determinação. Nesta manhã (22) familiares aguardavam em frente a PEF 1 (Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu) a saída dos seis vereadores que estavam custodiados na unidade. Além dele, um servidor também estava na mesma unidade.

Já as duas vereadoras presas na operação do Gaeco ficaram custodiadas na cadeia pública Laudenir Neves. As outras duas servidoras detidas já haviam ganhado o direito de responder em prisão domiciliar por causa dos filhos pequenos.

O quarto servidor envolvido no esquema estava preso em São Miguel do Iguaçu e também já ganhou liberdade. A decisão da justiça pegou de surpresa muitos moradores de Itaipulândia que não concordaram com a retomada dos representantes aos cargos.

 Colaboração: Luciana Barcellos e Márcio Falcão / Rede Massa