21°
Máx
17°
Min

Equipes realizam força tarefa para remover explosivos de caminhão que tombou

Foto: André Garcia / Rede Massa - Equipes realizam força tarefa para remover explosivos de caminhão que tombou
Foto: André Garcia / Rede Massa

O tombamento de uma carreta no Oeste do estado desencadeou uma verdadeira ‘operação de guerra’. Moradores e funcionários de empresas tiveram de sair do local que foi isolado.

As equipes das forças de segurança tiveram muito trabalho para atender a ocorrência e remover a carga, já que o risco de explosão era muito grande.

O corpo de bombeiros isolou a área num raio de 300 metros do local onde a carreta com explosivos tombou. O acidente foi na BR-467, rodovia que liga Toledo a Cascavel, na manhã desta quinta-feira (24).

Funcionários de duas empresas e moradores de quatro casas tiveram de deixar os imóveis. O motorista, segundo a PRF, perdeu o controle da direção em uma curva.

Ele saiu de colombo, região metropolitana de Curitiba, com oito toneladas de nitrato de amônia líquido e explosivos. Os produtos seriam utilizados na detonação de uma montanha, em uma pedreira de Palotina.

O homem teve ferimentos leves e foi levado ao hospital. O exército, órgão fiscalizador dos explosivos, acompanhou tudo de perto. A carga era legalizada e os produtos foram devolvidos para a empresa.

Equipes do Meio Ambiente vão elaborar um laudo, para avaliar se houve danos na região, com o acidente.

Colaboração: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa