22°
Máx
17°
Min

Estado assina repasse de até R$ 30 milhões para Hospital do Câncer em Umuarama

(Foto: Venilton Küchler/Sesa) - Estado assina repasse de até R$ 30 milhões para Hospital do Câncer
(Foto: Venilton Küchler/Sesa)

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, assinou na quarta-feira (22) o contrato de prestação de serviços com o Hospital do Câncer de Umuarama. A medida assegura o repasse de até R$ 30 milhões por ano à unidade, que é referência no atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) na área de oncologia e demais especialidades.

O valor é referente à remuneração por procedimentos hospitalares e ambulatoriais realizados pelo SUS e será pago pelo Estado mediante apresentação de relatórios mensais de produção. "Trata-se de mais uma ação do governo estadual para ampliar a oferta de consultas, exames, cirurgias e internações aqui na região noroeste. Com esses recursos, será possível o hospital aumentar significativamente sua capacidade de atendimento em média e alta complexidade", ressaltou o secretário.

Inaugurado em março deste ano, o Hospital do Câncer de Umuarama foi construído com recursos do Governo do Paraná, União e da comunidade. Em uma área de 18,1 mil metros quadrados, a instituição conta com 309 leitos - são 20 de UTI adulto, 195 de internação, 60 de casa de apoio e 34 para outros atendimentos. Existem ainda oito alas de internação, dois ambulatórios de consulta, nove salas cirúrgicas, farmácia, lavanderia, serviço de nutrição, almoxarifado e refeitório, além de outras áreas administrativas.

Segundo o presidente da União Oeste Paranaense de Estudo e Combate ao Câncer, Ciro Kreuz, o repasse do Estado vai permitir que a unidade de Umuarama se consolide como um dos principais hospitais vinculados ao SUS do noroeste. "Com a parceira do governo estadual, teremos segurança para manter o atendimento gratuito à população. Nosso objetivo é oferecer o que há de melhor no tratamento do câncer e outras especialidades.”

Atendimento

Em três meses de funcionamento, o hospital vem aumentando o número de atendimentos gradativamente. De acordo com o último balanço da União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer (Uopeccan) – mantenedora do hospital - a unidade de Umuarama fechou o mês de maio com a realização de 1.479 consultas, 171 internações, 107 cirurgias e 1.372 atendimentos no Centro de Diagnóstico por Imagem, que inclui exames de tomografia, colonoscopia e endoscopia, raio-X e mamografia.

Internada nesta quarta-feira (22) para uma cirurgia na tireoide, a empresária Matilde Moda Herrero, de Douradina, disse que o atendimento da Uopeccan é de primeiro mundo. "Foi tudo muito rápido. Depois de ser encaminhada pelo médico da prefeitura, fiz os exames, tudo no mesmo dia, e em menos de um mês estou aqui para fazer a cirurgia", contou.

A primeira unidade da Uopeccan foi criada há 16 anos, em Cascavel, e hoje é responsável pelo atendimento diário de quase 600 pessoas. Com o aumento da demanda, a instituição decidiu instalar em Umuarama seu segundo hospital, que agora recebe também pacientes vindos das regiões de Umuarama, Cianorte, Paranavaí e também do Mato Grosso do Sul.

Samu noroeste recebe ambulâncias

Durante encontro com prefeitos em Umuarama, o secretário Michele Caputo Neto entregou três ambulâncias para recompor a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A ação beneficia a população dos 85 municípios de abrangência do serviço, que atua no resgate e atendimento pré-hospitalar dos casos de urgência e emergência.

Segundo o governo do Paraná, embora a atribuição de substituir e fornecer ambulâncias do Samu seja do governo federal, o Estado investiu quase R$ 300 mil na compra dos veículos.

Também foi anunciado o repasse de R$ 1 milhão ao serviço. O prefeito de Umuarama e presidente do consórcio que gerencia o Samu noroeste, Moacir Silva, destacou a importância do repasse extra. "Esta ajuda vem em boa hora. Hoje temos o maior Samu do Brasil em número de municípios. A partir de setembro, vamos incorporar mais 15 cidades da região de Ivaiporã e saltaremos para 101 municípios atendidos”.

Somente nos quatro primeiros meses deste ano, o Samu noroeste atendeu cerca de 18,3 mil ocorrências.

Entrega de veículos e equipamentos

Cumprindo agenda na região noroeste, Caputo Neto entregou ainda uma série de equipamentos para reforçar a estrutura de três unidades hospitalares em Umuarama. Foram beneficiados o Hospital da Norospar, o Hospital Cemil e o Instituto Nossa Senhora Aparecida, todos com atendimento público pelo SUS.

Entre os aparelhos cedidos pelo Estado estão itens como incubadora, oxímetro de pulso, ventilador mecânico para UTI, cardiotocógrafo, ambu (para ventilação mecânica) e desfibrilador. O investimento ultrapassa a marca de R$ 250 mil.

O evento marcou também a entrega oficial de 90 veículos para todos os 21 municípios de abrangência da 12ª Regional de Saúde. São ambulâncias, carros, vans e motos que serão utilizados para o transporte de pacientes e também para o deslocamento das equipes de vigilância em saúde. Os recursos são dos programas ApSUS e VigiaSUS, do Governo do Estado, e somam cerca de R$ 6,6 milhões.

Colaboração Agência Estadual de Notícias