22°
Máx
17°
Min

Estragos causados pelas chuvas deixam prejuízo de R$ 900 mil em Umuarama

Estragos causados pelas chuvas deixam prejuízo de R$ 900 mil

A Defesa Civil estima que serão necessários R$ 900 mil para consertar os prejuízos causados pelas chuvas em Umuarama (a 87 quilômetros de Cianorte). Foram registrados danos especialmente na zona rural do município, onde equipes da prefeitura trabalham para restabelecer o tráfego e possibilitar o deslocamento dos moradores do campo.

O secretário municipal de Defesa Social, Paulo Roberto Sequinel Fernandes, informou que onze estradas rurais tiveram danos mais significativos e o conserto pode demorar meses.

Estragos

  • Estrada Quintino: rompimento de aterro.
  • Estrada Drongo: rompimento de aterro e ponte danificada.
  • Estrada Paraguaçu: danos em 1,5 mil metros, com rompimento de galerias pluviais e aterro.
  • Estrada Boiadeira: rompimento de tubulação e danos no leito em 2 mil metros.
  • Estrada União: cinco quilômetros danificados.
  • Estrada Fumaça: danos em dois quilômetros.
  • Estrada Tropeiro: danos em dois quilômetros.
  • Estrada Paulista: danos em 2,5 quilômetros com necessidade de reconstrução de aterro e tubulação.
  • Estrada Baitira: dois aterros e uma ponte comprometidos.
  • Estrada Desengano: dois aterros destruídos.
  • Estrada Velha para Lovat: aterro se rompeu com 300 metros de prejuízos, perto do cemitério.

Providências

O secretário municipal de Agricultura, Cláudio Marconi, declarou que o trânsito é prioridade. “A recuperação completa dos estragos vai demandar ainda bastante tempo. A cada chuva forte a malha viária em leito natural do município – que tem mais de 500 quilômetros – é seriamente danificada por causa das características do nosso solo”, explicou.

Na zona urbana, as chuvas causaram problemas principalmente nos bairros Irani e Petrópolis, também na ciclovia do Jardim Cruzeiro e na obra do Centro de Eventos, onde houve queda de barrancos.

Colaboração Assessoria de Imprensa