22°
Máx
16°
Min

Estudante cria colete que ajuda criança a dar primeiros passos

O simples movimento de andar pode ter muito significado para aquelas pessoas que nunca conseguiram trocar alguns passos. Foi pensando nisso que a estudante de Fisioterapia Aline Dalazoanna Lara desenvolveu um colete capaz de proporcionar a pessoas com deficiência a chance de caminhar como se estivessem livres.

A alegria no rosto da pequena Luara, de apenas dois anos, é pelo simples fato de conseguir dar alguns passinhos. A menina tem paralisia cerebral, não fala e nunca tinha conseguido andar até que a mãe dela encontrou Aline. Estudante do último ano do curso no Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (Cescage), ela decidiu ajudar a criança a realizar o sonho de andar. “Pra gente é gratificante, acho que pra ela é mais ainda, pelo fato de estar em pé como os coleguinhas dela – claro, no limite dela, com as dificuldades dela, mas em pé”, destaca a aluna.

(Foto: Maira Zimermann / Rede Massa)(Foto: Maira Zimermann / Rede Massa)

A criança fica presa à fisioterapeuta por um colete. As duas também usam um sapato em que ficam com os pés juntos para conseguirem dar alguns passos. Com os sapatos, a Luara agora se prepara para uma nova fase, a de caminhar mais livre. “Ela via as outras crianças andando e fica nervosa, porque ela queria estar andando também”, relata a mãe, Naiara de Andrade. “Quando a fisioterapia proporcionou isso a ela foi muito emocionante, a alegria a gente via no olho e no sorriso dela”, declara.

O colete também estimula o desenvolvimento físico da criança. Mas muito além do gostinho de andar, Aline proporcionou a Luara mais um motivo para ser feliz, e isso para ela não tem preço. “Quando ela foi colocada no colete, como a gente não imaginava a reação dela, foi realmente surpreendente. O sorriso dela, ela pulava de alegria, foi emocionante”, celebra.

Colaboração Maira Zimermann, da Rede Massa.