22°
Máx
14°
Min

Estudantes ocupam 7ª escola de Maringá contra a reforma do Ensino Médio

Instituto Estadual de Educação foi ocupado na manhã desta sexta (14) (Foto: STF) - Estudantes ocupam 7ª escola contra a reforma do Ensino Médio
Instituto Estadual de Educação foi ocupado na manhã desta sexta (14) (Foto: STF)

Os estudantes do Instituto Estadual de Educação de Maringá, segundo maior colégio da cidade, decidiram em uma assembleia na manhã desta sexta-feira (14) ocupar o local, que fica na Zona 2. Eles são contra a medida provisória anunciada pelo presidente Michel Temer (PMDB) que reformula o Ensino Médio. 

Segundo o Grêmio Estudantil do colégio, nesta manhã não houve aulas e a ocupação será comunicada ao Núcleo Regional de Educação (NRE) de Maringá no período da tarde. Com mais essa ocupação, a cidade contabiliza sete colégios tomados pelo movimento. 

As outras instituições são Adaile Maria Leite (Jardim Liberdade), Alberto Jackson Byinton Junior (Zona 5), Tânia Varella (Conjunto Guaiapó), Brasílio Itiberê (Zona 2), Colégio de Aplicação Pedagógica(CAP) da Universidade Estadual de Maringá (na Zona 7) e Rodrigues Alves (Vila Santo Antônio).

Os alunos também estão nos colégios Parigot de Souza, em Mandaguaçu, e Olavo Bilac em Sarandi. No Paraná, de acordo com o movimento Ocupa Paraná, são 340 escolas e cinco universidades ocupadas. 

Os estudantes cobram a participação da comunidade na reforma, pois a medida provisória foi assinada sem consulta à sociedade civil.