23°
Máx
12°
Min

Estudantes ocupam segundo colégio estadual em Maringá

A mobilização dos estudantes cresceu em Maringá nesta quarta-feira (25) com a ocupação de um segundo colégio estadual, desta vez o Tancredo Neves, localizado na Vila Morangueira, zona norte da cidade. Na última quarta-feira (18), eles já haviam ocupado o Colégio Estadual Gerardo Braga, onde a manifestação continua.

A principal pauta dos alunos é a melhoria da qualidade da merenda escolar e também o fim do atraso na entrega dos alimentos, registrado entre abril e maio. No Colégio Estadual Tancredo Neves, os estudantes divulgaram que as reivindicações vão além, pois há muitas goteiras em salas de aula quando chove e a quadra de esportes está interditada.

Perto das 9h, os estudantes estavam reunidos com a direção da escola e representantes do Núcleo Regional de Educação para negociação.

(Foto: Índio Maringá/Rede Massa)(Foto: Índio Maringá/Rede Massa) 

Posição do governo

O Núcleo Regional de Educação divulgou que foi procurado por quase dez pais que pedem a transferência dos filhos que estudam no Colégio Estadual Gerardo Braga, o primeiro a ser ocupado.

Em entrevista à rádio CBN, a chefe do NRE de Maringá, Maria Inês Teixeira Barbosa, pediu paciência aos pais e espera que haja um acordo com os alunos para desocupação até a próxima semana.

A Secretaria de Estado da Educação se pronunciou por meio de uma nota enviada ao portal Massa News:

“A Secretaria da Educação informa que o Núcleo Regional de Educação (NRE) de Maringá encaminhou uma equipe ao colégio Tancredo Neves, para verificar e acompanhar a situação. A Patrulha Escolar também foi chamada e acompanha a movimentação dos estudantes. Assim como foi feito no caso da ocupação do colégio José Gerardo Braga, na semana passada, o NRE vai registrar o episódio em ofícios e comunicar o Ministério Público da comarca e o Conselho Tutelar.

A SEED informa ainda que os estoques de merenda no Tancredo Neves nesta quarta-feira (25) somam 523 quilos de alimentos de diversos tipos, incluindo carnes (bovina e frango), biscoitos, canjica, cereais, sal, milho em conserva, macarrão, purê, óleo de soja, granola, biscoito, açúcar, arroz, entre outros.”