28°
Máx
17°
Min

Estudantes se mobilizam contra cobrança de estacionamento

O movimento ‘Democracia pela PUC’ formado por acadêmicos da universidade organiza mais um protesto contra o que eles estão chamando de falta de clareza em relação a prestação de contas da instituição. Aproveitando a volta às aulas, o manifesto está sendo divulgado para novos alunos e veteranos.  A pauta de reivindicações inclui 14 itens, entre eles, a contrariedade contra a terceirização do estacionamento, o aumento da mensalidade, e pela abertura de contas da universidade.

Segundo a organização, a primeira de uma série de mobilizações acontece esta noite (23), a partir das 19 horas, na concha acústica da universidade. A ação ocorre paralelamente a acolhida aos calouros, realizada pela instituição. Ainda segundo a organização, o atendimento as reivindicações é fundamental pra garantir “a transparência” da administração.

O movimento dos estudantes destaca que todos os pontos que integram a lista de reivindicações foram discutidos e aprovados em assembleia realizada no início deste mês.

  • A pauta inclui:
  • 1. Revogação do Contrato de terceirização do Estacionamento;
  • 2. Congelamento do aumento das mensalidades;
  • 3. Abertura das Contas APC;
  • 4. Eleições paritárias para Conselhos, Coordenadores, Decanos e Reitor;
  • 5. Demissão do Vice Reitor Paulo Mussi; fator de desestabilidade democrática por sua postura durante as negociações com os estudantes;
  • 6. Demissão imediata do Pró-reitor administrativo Paulo Batista, responsável pela assinatura do contrato com a empresa AutoPark de maneira irregular;
  • 7. Revogação dos contratos com a empresa Selbetti;
  • 8. Melhoria da estrutura de monitoramento da segurança do campus e área universitária da PUCPR;
  • 9. Implantação imediata de fraldários e Creche Universitária;
  • 10. Melhoria dos sistemas virtuais (Eureka, Intranet e Campus Solution) da PUCPR;
  • 11. Homologação das empresas Júnior; o apoio e incentivo institucional ao fomento e formação destas;
  • 12. Reestruturação e melhor definição da função do Exame de Proficiência em Língua Portuguesa ofertado pela PUCPR;
  • 13. Reintegração dos profissionais de manutenção, segurança e limpeza, demitidos entre os meses de novembro, dezembro e janeiro, aos respectivos quadros de funcionários da PUCPR;
  • 14. Reanálise e justificativa da demissão de cada professor desligado da instituição desde o segundo semestre do ano de 2015.

 Outro lado

A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da instituição de Ensino, que não respondeu os questionamentos até o fechamento desta matéria.

Colaboração Movimento Democracia pela PUC