22°
Máx
14°
Min

Ex-combatente da 2ª guerra morre aos 97 anos no norte do Paraná

(Foto: Tiro de Guerra/Divulgação) - Ex-combatente da 2ª guerra morre aos 97 anos no norte do Paraná
(Foto: Tiro de Guerra/Divulgação)

O ex-combatente da Força Expedicionária Brasileira (FAB) Genésio Fortunato de Araújo morreu aos 97 anos. Ele estava internado na Santa Casa de Arapongas e foi sepultado na manhã desta segunda-feira (7) após cortejo com homenagens do Exército.

Araújo participou da 2ª Guerra Mundial na Itália por quatro meses, no ano de 1944. Ele estava entre os pracinhas que tomaram o Monte Castelo.

"Era um amigo querido e vai deixar lacuna muito grande. Ele tinha uma vontade de viver exemplar, uma pessoa de excelente caráter, retidão e patriotismo, como dificilmente se encontra hoje. Vai deixar saudade, mas fica como exemplo para todos que vivem", afirmou o chefe de instrução do tiro de guerra de Bandeirantes, subtenente Douglas Domingos de Almeida.

(Foto: Tiro de Guerra/Divulgação)

História


Genésio Fortunato adorava contar suas histórias aos integrantes do Tiro de Guerra, onde exercia o cargo de chefe da entidade.

“Em um dos ataques da tropa brasileira em Monte Castelo, o então cabo Genésio Fortunato de Araujo acompanhava a infantaria, mas, num erro de comunicação, os disparos da artilharia, que vinham logo atrás, acertavam soldados do mesmo exército. Ele então foi designado pelo comandante a avisar o problema aos soldados da artilharia. ‘Fortunato, você vai morrer, mas vai salvar a companhia’, disse o comandante. Em velocidade, ele aproveitava os buracos no solo feitos pela bombas de 155 mm do exército alemão para esconder-se entre um avanço e outro. ‘Uma bomba não pode cair duas vezes no mesmo lugar’, disse o cabo. Todo o seu esforço garantiu sobrevida aos militares da nossa FEB naquela ocasião”, lembra o subtenente Douglas.

Genésio  deixa quatro filhos, oito netos e 11 bisnetos.